Até hoje, as minhas tatuagens são imaginárias. Mas, não menos reais

Por Mareliza Cupolilo

Foto: Regatanews


A palavra WANDERLUST foi tatuada na minha alma. Essa palavra de origem alemã exprime um conceito, mas pode ser, resumidamente, traduzida como “desejo de viajar”. E, convenhamos, viajar é uma incrível forma de nos conectarmos com o mundo e ampliarmos os horizontes. Seja com uma mochila nas costas e orçamento econômico, perto ou longe, de carro, ônibus ou avião, o que interessa mesmo é aumentar a nossa bagagem cultural e alimentar essa paixão. Nesta coluna, vamos falar de destinos clássicos, mas, também, daqueles nada habituais.


O ano de 2020 trouxe consigo uma realidade muito distinta daquela que esperávamos. Viajar se tornou, ao mesmo tempo, um sonho e também um luxo. Então, uma boa curadoria, aliada a um propósito, deve ser o rumo para o planejamento da próxima viagem.


CONTINUE LENDO NO APLICATIVO OU NO SITE

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo