Ciclos de transformação

Por Dreyfus Fabrini

Foto: Arquivo Pessoal Dreyfus

O final do ano representa a conclusão de um ciclo. Por isso, nesse período, naturalmente, renova-se a alegria, por ter sido vencida mais uma etapa, e ressurge a esperança de que o próximo ano reservará sempre dias melhores.


“Trata-se de uma época em que, tradicionalmente, são realizados alguns ritos de fechamento do ano”.


Balanço das atividades e programação de novos planos e metas para o futuro são comuns, tanto no âmbito profissional quanto no pessoal.


Também cresce, nesse momento, o desejo de transformação. Esse movimento de mudança é antigo na história humana e pode ser percebido em diversas situações, como na busca por novos hábitos de vida, na reforma da casa, na compra de uma roupa nova, em um novo visual, dentre outros.


Como 2020 foi um ano de intensa mutação, é oportuno refletir sobre esse padrão de comportamento, que acontece, como já dito, inclusive no campo estético. E falar nesse tipo de transformação representa, automaticamente, um convite ao universo da cirurgia plástica.

Ela se coloca como um instrumento de transformação de grande significado estético, comportamental e emocional. Realizar mudanças no aspecto físico é uma alteração que transcende o corpo, uma vez que também são percebidas grandes modificações na esfera psíquica.


A cirurgia plástica pode proporcionar significativas melhorias na aparência física, bem como trazer impactos positivos em outros aspectos da vida, como no bem-estar pessoal, no convívio social e familiar, nos relacionamentos amorosos e até profissionais.


Não há como negar a importância da representação do corpo na mente humana. Uma relação interna harmoniosa (mentecorpo) desempenha um papel relevante no complexo mecanismo do funcionamento mental.


Autoestima, confiança, segurança, satisfação, aceitação, inclusão, liberdade, felicidade e inúmeros outros sentimentos são bastante vivenciados e relatados pelos pacientes quando se alcança uma aparência física harmoniosa e um relacionamento mais saudável com a imagem corporal.


Diante disso, ficam claras as implicações das modificações estéticas no plano emocional e nas relações interpessoais. Contudo, toda mudança, por mais necessária e bem-vinda, precisa ser trabalhada internamente para se alcançar o máximo do efeito desejado. Sob esta perspectiva, avaliar as reais motivações e expectativas para a cirurgia é essencial como parte do processo de transformação.


Da mesma forma, a efetividade de uma cirurgia plástica depende de alguns cuidados, bem como demanda bom senso dos envolvidos, alinhamento das expectativas com as possibilidades e respeito à naturalidade, ao biotipo e às características de cada paciente.

Em consonância ao exposto, a Clínica Múltipla constantemente se dedica para atender com sucesso aos desejos e às necessidades de seus pacientes em todos os aspectos.


Seja uma transformação ou outro sonho almejado, fazer parte do seu processo de realização é sempre um prazer e uma honra para todos da equipe.


Por isso, a família Múltipla encerrou o ano de 2020 com imensa gratidão e com votos renovados de fé e esperança para as novas transformações que virão em 2021.

0 comentário