Cinco cidades brasileiras com nomes bem curiosos


Foto: Sérgio Souza - Unsplash

Qual é a única cidade brasileira conhecida por não ter peixes? E qual outra foi batizada por causa da comemoração do natal? Segundo o IBGE, o Brasil tem mais de 5.500 municípios e por trás do nome de cada um deles, sempre há uma história curiosa. Por isso, separamos uma lista com algumas cidades com nomes bem curiosos.


São Miguel do Gostoso – RN

A população de São Miguel do Gostoso, no Rio Grande do Norte, também tem algumas versões para a origem do nome da localidade. Uma delas diz que o nome veio de um homem que morava em um vilarejo na região, chamado Manoel. Ele recebia bem as pessoas que passavam por sua casa e era conhecido pela simpatia. Logo, ganhou o apelido de “Seu Gostoso”. A popularidade do homem teria feito com que a cidade ficasse conhecida pelo nome. Já o “São Miguel” teria tido origem na história de um homem chamado Miguel, morador de Gostoso. Dizem que ele fez uma promessa a São Miguel, construiu uma capela e nela colocou uma imagem do Santo. Logo, a aldeia aceitou São Miguel como padroeiro. Mas não só isso. O nome “São Miguel” foi adicionado ao nome da vila, formando assim São Miguel do Gostoso, como a cidade é conhecida hoje.


Feliz Natal – MT

A história do nome dessa localidade, que fica no Mato Grosso, começou em uma véspera de natal, quando trabalhadores de uma fazenda ficaram ilhados depois de fortes chuvas. Sem poder voltar para casa, eles resolveram comemorar o natal entre eles, para que a data não passasse em branco. Durante a comemoração, escreveram “Feliz Natal” em uma árvore. Hoje, o povoado se tornou município e a árvore se tornou um ponto de referência.


Não-Me-Toque – RS

Nem a prefeitura da cidade gaúcha de Não-Me-Toque sabe dizer exatamente o motivo do nome. A primeira possibilidade tem relação com a abundância na região, de um tipo específico de arbusto de tronco curto e cheio de espinhos, chamado carinhosamente de “não-me-toque”, mas também conhecido como Sucará ou Espinho de Santo Antônio. Alguns moradores defendem que na verdade o nome teve uma outra origem: na época em que os portugueses instalaram fazendas na região. Segundo a lenda, uma dessas fazendas se chamava “Não-Me-Toque”.


Sem-Peixe – MG

A cidade de Sem-Peixe está localizada na Zona da Mata mineira, e o nome dela teria vindo de uma época em que havia índios nômades naquela região. Reza a lenda que quando os índios chegaram lá resolveram pescar, mas não encontraram peixes suficientes. Por isso, saíram dali e usaram uma expressão que significava “aqui não tem peixe”.


Passa e Fica – RN

O município de Passa e Fica, no Rio Grande do Norte, tem esse nome por um motivo bem curioso. A localidade teve o povoamento iniciado por volta de 1930. Na época, um pequeno negócio ficava à beira da estrada e vendia de tudo. As pessoas passavam por lá para fazer compras e também se hospedar. Aos poucos, outras casas foram sendo construídas ao redor dele e assim o local ficou conhecido como “passa e fica”.

0 comentário