Consumo de conteúdo em podcast agrada os brasileiros


O podcast chegou ao Brasil ainda em 2004, para ajudar as pessoas a aproveitarem o tempo disponível e aumentar a produtividade diária. Mas foi somente entre 2013 e 2018 que 60,3% dos ouvintes passaram a consumir esse tipo de conteúdo, segundo informações de pesquisas realizadas pela Associação Brasileira de Podcasters (ABPod). “Entregue na forma de áudio, muito semelhante aos programas de rádio, porém o podcast fica à disposição do consumidor para que ele escute quando quiser, no horário que preferir e do equipamento que tiver maior familiaridade (computador, celular, tablet ou outro). Além disso, o conteúdo é criado sob demanda, conforme a conexão do autor com o seu público”, explica a jornalista e assessora de comunicação, Vanessa Mendes.

Foto: Davi Nascimento

Mudança de hábitos

Com o isolamento social, o consumo de conteúdo, as prioridades e até a maneira como algumas coisas são percebidas mudaram. Recentemente, uma plataforma de streaming de música realizou um estudo que mostrou que 43% dos brasileiros ouviram podcast, pela primeira vez, na quarentena. A ferramenta tem sido uma importante companhia para lidar com a solidão.

Podcast Vision

As formas existentes de conexão, com os públicos de relacionamento, são as mais variadas possíveis. Entretanto, buscar uma alternativa que faça sentido para o negócio é o que torna diferente. Acompanhe as atualizações do Podcast Vision, pelo App.


CONTINUE LENDO NO APLICATIVO OU NO SITE

0 comentário