Designers desenvolvem capacete que filtra Covid-19


Fotos: MicroClimate Air

Embora as restrições em todo o mundo estejam gradualmente diminuindo, muitos viajantes ainda estão preocupados com as novas realidades das viagens aéreas. Por isso, o engenheiro e designer industrial Michael Hall (da empresa MicroClimate) imaginou uma solução na forma de um capacete, chamada de AIR. Ele foi projetado para ser uma alternativa mais confiável às máscaras faciais, com um sistema de ventilação que empurra o ar antes de atingir seu nariz e boca.


Além dos benefícios da purificação do ar, o capacete também resolve a maioria dos problemas comuns do uso da máscara facial, como óculos com lentes embaçadas. Esses recursos podem fornecer uma experiência de voo mais confortável. No entanto ele conta com algumas limitações, como som abafado, embora a empresa garanta que a conversa seja claramente entendida por aqueles que o usam e por aqueles que conversam com os usuários de capacete.


O AIR tem uma bateria que dura cerca de cinco horas, e possui um cabo que permite aos usuários continuar usando o capacete durante o carregamento. Ele pesa cerca de um quilo e vem com seu próprio estojo de transporte. O capacete está atualmente disponível para pré-venda por cerca de R$ 1,1 mil e começará a ser entregue ainda neste mês para moradores dos Estados Unidos.

0 comentário