Dia Mundial do Diabetes: 250 milhões de pessoas vivem com a doença


Foto: Agência Brasil

Os números assustam e ajudam a avaliar o tamanho do desafio para combater a diabetes: cerca de 250 milhões de pessoas no mundo vivem com a doença. Para reforçar a conscientização a respeito desse mal, principalmente em relação a sua prevenção e as dificuldades enfrentadas pelos pacientes, foi instituída pela Federação Internacional de Diabetes (IDF) e pela Organização Mundial da Saúde (OMS), no dia 14 de novembro, o Dia Mundial do Diabetes.


Principais tipos de diabetes

Diabetes tipo 1: onde o sistema imunológico do corpo ataca e destrói as células que produzem insulina

Diabetes tipo 2: em que o corpo não produz insulina suficiente ou as células não reagem à insulina


Diabetes Gestacional

Durante a gravidez, para permitir o desenvolvimento do bebê, a mulher passa por mudanças em seu equilíbrio hormonal. A placenta, por exemplo, é uma fonte importante de hormônios que reduzem a ação da insulina, responsável pela captação e utilização da glicose pelo corpo. O pâncreas, consequentemente, aumenta a produção de insulina para compensar este quadro.


Outros tipos

São decorrentes de defeitos genéticos associados com outras doenças ou com o uso de medicamentos. Podem ser: defeitos genéticos da função da célula beta; defeitos genéticos na ação da insulina; doenças do pâncreas exócrino (pancreatite, neoplasia, hemocromatose, fibrose cística); induzidos por drogas ou produtos químicos (diuréticos, corticóides, betabloqueadores, contraceptivos).

0 comentário