Esculturas imaginam o corpo humano como uma rede de galhos

O artista sul-coreano Sun-Hyuk Kim cria esculturas figurativas hipnotizantes que brotam no ar como árvores. Ele usa aço inoxidável para criar representações abstratas de corpos e rostos que são mesclados com galhos.

Crédito: Sun-Hyuk Kim

“Minha arte descreve a existência dos seres humanos. A pandemia mostrou claramente o quão fraca é a existência de um ser humano. Eu uso plantas, animais e objetos como metáforas para mostrar isso”, conta Kim.


Embora esses ramos definam o contorno do rosto e do corpo de uma pessoa, eles não criam uma forma substancial. Em vez disso, os galhos se espalham dentro do corpo como veias, deixando bolsões de espaço vazio dentro. Essa incompletude cria tensão na escultura, como se houvesse a expectativa de que as raízes continuassem a crescer.




0 comentário