Existem cinco tipos de casais — e apenas três são felizes, revela estudo


Foto: Dnghu

Cada relacionamento vem com sua própria mistura única de alegrias e lutas, mas existem certos sinais que podem apontar que a química de um casal pode não estar funcionando. Uma pesquisa do Instituto Gottman, que estuda a saúde do relacionamento há mais de 40 anos, apontou que existem cinco tipos distintos de casais, mas que apenas três são realmente felizes.


O casal que evita conflitos

O primeiro tipo de casal considerado feliz pela pesquisa é aquele em que os dois evitam conflitos, reconhecem que têm diferenças, mas procuram um terreno comum. Por exemplo, um parceiro pode ser amante de cães, enquanto o outro só cresceu com gatos. Eles estão abertos para chegar à conclusão de que ambos são amantes dos animais.


O casal volátil

Os casais voláteis — como foram intitulados na pesquisa — também são considerados como tendo relacionamentos positivos. Eles se envolvem em brincadeiras leves e muitas vezes terminam suas provocações com risadas. Esse tipo de casal tem probabilidade de ser bem-sucedido porque pratica uma proporção de 5:1, o que sugere que, para cada interação negativa, os dois compensam com cinco positivas.


O casal da validação

Os casais de validação, o terceiro tipo de casal de sucesso, priorizam o apoio e a compreensão de seus parceiros, e acreditam fortemente em encontrar um meio-termo. Eles geralmente incluem na rotina um elogio, ajudar nas tarefas ou simplesmente abraçar.


Os casais que não são felizes

Os outros dois tipos, descobertos pelo Laboratório do Amor do Instituto Gottman, são os casais hostis e os casais indiferentes. No primeiro grupo, os parceiros são defensivos e apenas insistem em seus pontos de vista pessoais, recusando-se a aceitar as diferenças. No outro, ambos os parceiros estão em modo de ataque “sem vencedor claro”.

0 comentário