Fatos surpreendentes sobre o seu cérebro


Foto: Robina Weermeijer

O cérebro é uma das partes mais surpreendentes do corpo humano. Ele é responsável pela maioria das funções do nosso corpo e é um dos órgãos mais complexos, já que a cada segundo do dia recebe muitas informações. Confira alguns fatos surpreendentes sobre o cérebro:


O cérebro não sente dor

Você já se perguntou como os neurocirurgiões são capazes de realizar cirurgias no cérebro de pacientes enquanto eles estão acordados? Muita gente não sabe, mas o cérebro é um dos órgãos incapazes de sentir dor. Quando uma pessoa tem uma dor de cabeça, por exemplo, o que dói são os músculos e a pele ao redor e não o cérebro.


Você realmente usa a maior parte dele

O longa 'Sem Limites', estrelado por Bradley Cooper, é só um dos filmes que acabaram espalhando por aí que usamos apenas 10% do nosso cérebro. Na verdade, nós usamos sim a maior parte dele. O cérebro está trabalhando constantemente - para sentir, processar, pensar, mover e até mesmo sonhar. Mesmo quando você vai dormir à noite, seu cérebro ainda está trabalhando.


Exercício físico é bom para o cérebro

O exercício é tão bom para o seu cérebro quanto para o seu corpo. Quando você tem uma aula de fitness pela primeira vez, por exemplo, seu cérebro trabalha para aprender os movimentos e controlar seus músculos. Não é à toa que atletas profissionais sabem como é importante trabalhar o psicológico para dar o melhor de si nos treinos. Isso ocorre por causa da estimulação mental que vem com os exercícios.


As áreas visuais estão atrás

Considerando que seus olhos estão na frente da cabeça, é meio estranho imaginar que a parte do cérebro responsável pela visão, o lobo occipital, está localizada na parte de trás. Por isso que, quando uma pessoa leva uma pancada na nuca, fica com dificuldades de enxergar. Outro fato curioso é que o lado esquerdo do cérebro controla a visão do lado direito e vice-versa. O mesmo se aplica à maneira como nosso cérebro processa o som - em lados opostos da cabeça.


Ler em voz alta usa circuitos diferentes do que ler silenciosamente

De acordo com estudiosos, as crianças primeiro aprendem a ler falando palavras em voz alta e somente depois que esse conhecimento é estabelecido é que elas aprendem a ler para si mesmas mentalmente. Isso porque, o cérebro usa circuitos cerebrais diferentes ao ler em voz alta e silenciosamente. Da mesma forma, sons na forma de música são processados de maneira diferente da fala normal, com vários tons e frequências. É por isso que a leitura é tão importante para o seu cérebro.

0 comentário