Moto elétrica da Xiaomi promete agitar o mercado


Foto: Xiaomi

Além dos já conhecidos smartphones, a Xiaomi conta também com uma grande variedade de produtos em seu portfólio. Entre eles estão as scooters elétricas, que foram lançadas pela primeira vez em 2015. Agora, a novidade é que a empresa pretende lançar uma linha do veículo com valores mais acessíveis para os clientes. Segundo a chinesa, o veículo elétrico será mais barato do que um celular da marca.



Por enquanto a novidade está sendo oferecida apenas no mercado chinês, com o modelo A1 custando US$ 424 (cerca de R$ 2.166, na conversão atual) e o A1 Pro US$ 566 (aproximadamente R$ 2.891). O produto estará disponível em 2022, nas cores vermelho, branco e amarelo.



0 comentário