O uso da imagem pessoal a favor do seu negócio

Por Rejane Toigo

Fotos: Weslei Torezan

Nossa imagem pessoal pode ser poderosa para elevar a percepção do valor do nosso negócio. Ela é um elemento essencial de conexão no meio social.


Portanto, todo o zelo com a nossa imagem deve ser parte da estratégia de conteúdo e também do nosso negócio. Não é preciso ser um expert em branding para construir uma imagem pessoal coerente com o seu perfil e o do seu negócio.


É interessante atentar-se a alguns conceitos estéticos, como moda, arquitetura e design, para exalar a própria essência de uma maneira natural e, ao mesmo tempo, estratégica.


Um processo de autoconhecimento

O primeiro passo para a construção da imagem pessoal é entender que ela é uma forma de expressão. Mesmo aquelas pessoas que parecem não se importar com o visual revelam traços de sua personalidade em sua maneira de falar, na escolha de roupas e acessórios.

As escolhas que fazem refletem exatamente esse não se importar. A imagem pessoal está muito mais atrelada ao autoconhecimento do que a qualquer outro fator. Não tem a ver com situação financeira, ou com atender a padrões estéticos.


Pelo contrário: aquele que não se conhecer verdadeiramente enquanto pessoa e profissional pode até ter muitos recursos financeiros, mas perderá a oportunidade de fazer um bom uso deles. Assim como, provavelmente, não terá consciência sobre seus pontos fortes, que podem e merecem ser valorizados.


Quem se conhece pode selecionar melhor quais elementos traduzem aquilo que deseja passar ao mundo.


E a perda da espontaneidade?

Este é um grande mito que devemos esquecer quando tratamos da imagem pessoal. Fazer a estratégia da imagem pessoal não significa perder a naturalidade.


Muito pelo contrário. Quando identificamos quais elementos mais combinam com a nossa personalidade, melhor podemos fazer uso deles. Fazemos a estratégia para que nossa espontaneidade seja revelada!


Tudo aquilo que compõe a nossa imagem importa. Cenário, roupa, cabelo, a forma como falamos… Estes são elementos responsáveis por formar o contexto de onde sairá a mensagem.


“Em tempos onde mostramos nosso trabalho e nossas vidas a todo momento em vídeo, mesmo sendo um simples story do Instagram, dar atenção a esses elementos é fundamental.”

Não devem dizer nem mais, nem menos sobre aquilo que pretendemos passar para construir uma imagem condizente com os objetivos profissionais.


Vou utilizar um exemplo: gosto de usar óculos, acessório que está ligado ao contexto de estudos. Sempre falo sobre a importância de ler, estudar, logo os óculos são um destes elementos que ajudam a compor o meu universo, ao lado de tantos outros: livros, cérebro, coruja e personalidades intelectuais e irreverentes que compõem o meu cenário.


Encontrar o próprio estilo de marca pessoal é um exercício contínuo e eterno! E pode ser fascinante e deliciosa essa jornada!

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo