Relembre esportistas que se foram no auge das carreiras

Hoje, 19 de fevereiro, é comemorado o Dia do Esportista. Em homenagem à data, a Vision Business escolheu alguns atletas que se foram no auge de suas carreiras e deixaram muita saudade. Muitos, não tiveram tempo suficiente para consolidar suas jornadas, mas conseguiram marcar gerações inteiras.


Ayrton Senna

Foto: Arquivo Pessoal

O piloto brasileiro buscava seu quarto título em 1994 – depois de ser tricampeão mundial de Fórmula 1 em 1988, 1990 e 1991 – quando teve a carreira interrompida por um acidente fatal. Senna bateu a Williams que pilotava na curva Tamburello, no GP de San Marino, e morreu aos 34 anos.


Dener

Foto: Arquivo Pessoal

O jogador fez história no time da Portuguesa, clube que o projetou para o futebol. Na equipe do Canindé, brilhou no início da década de 1990 e foi apontado como a grande revelação do futebol brasileiro da época. Também em 1994, já vestindo a camisa do Vasco, Dener sofreu um acidente de carro e morreu com 23 anos.





Serginho

Foto: Arquivo Pessoal

Serginho teve a carreira interrompida após sofrer um ataque cardíaco durante uma partida contra o São Paulo, no Morumbi. Ele chegou a ser encaminhado ao hospital, mas não resistiu. Zagueiro do São Caetano vivia melhor momento de sua carreira no início dos anos 2000. Com o clube do ABC Paulista, Serginho foi vice-campeão brasileiro nos anos de 2000 e 2001, além de quase conquistar a Libertadores de 2002.


Sarah Burke

Foto: Arquivo Pessoal

A esquiadora norte-americana era uma das estrelas do esporte. Tetracampeã dos X-Games de inverno, Sarah sofreu uma queda no halfpipe durante um treinamento em 2012. Ela teve hemorragia no cérebro e sofreu uma parada cardíaca. Ficou internada durante nove dias, mas acabou morrendo aos 29 anos.

0 comentário