Saúde mental da Geração Z causa preocupação

No último ano temos prestado atenção às questões sobre o bem-estar mental. Nesse tempo de pandemia, tivemos o olhar voltando principalmente às gerações mais velhas. Porém, a pesquisa Verywell Mind Mental Health Tracker, realizada todos os meses com população dos Estados Unidos, mostra que também devemos nos preocupar com os mais novos, como a Geração Z.

Crédito: Aedrian

A pesquisa aponta que são os jovens, entre 18 e 24 anos que necessitam de mais apoio. Muitas pessoas desta faixa etária estão vivendo sozinhas, e a solidão pode desempenhar um grande papel na angústia sentida por esta população. Uma parcela da Geração Z está tomando conta dos irmãos mais novos, que estão no processo de educação de forma remota, ou cuidando de membros mais velhos da família, que necessitaram de assistência durante o período de pandemia.


Outra questão apontada pela pesquisa são incertezas financeiras, trazidas durante a pandemia, que também contribuem com o elevado nível de angústia desta geração.


Para dar suporte aos mais novos, a família e amigos devem ter conversas honestas e abertas sobre saúde mental. Além disso, aconselhá-los a conversar com um especialista sobre o bem-estar, oferecendo ajuda.

0 comentário