Satélite brasileiro Amazonia-1 entra em órbita


Foto: Ulmer

O Brasil colocou em órbita o primeiro satélite de observação da Terra totalmente projetado, integrado, testado e operado pelo País. O satélite é de órbita Sol síncrona (polar) e vai gerar imagens do planeta a cada cinco dias.


Sob demanda, poderá fornecer dados de um ponto específico em 2 dias. Segundo o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), isso ajudará na fiscalização de áreas que estejam sendo desmatadas, bem como na captura de imagens onde haja maior ocorrência de nuvens.



De acordo com o instituto, o novo satélite possibilitará também o monitoramento da região costeira, de reservatórios de água e de florestas. Há, ainda, a possibilidade de uso para observações de possíveis desastres ambientais.

0 comentário